Páginas

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Ao guia espiritual - 1

Caro guia espiritual,


Sei do seu interesse. Vejo que você me quer muito mais do que ousa assumir para si mesmo. Também sei que você luta contra, afinal luz não deve se misturar com trevas, não é mesmo? Nunca pensei em mim tendo tanta escuridão assim, mas ok. Sim, de fato, estás mais do que certo em lutar contra as vontades de sua carne, sim, pois não luto contra as minhas. Vivo em busca de prazer para me manter viva e as práticas de meu corpo embranqueceriam os teus negros fios restantes. Deita-te tranquilo com tua cabeça no travesseiro, porque um dia longe de mim é também um dia mais perto de Deus. Não te permitas perder-se assim, já que tens tantas certezas e verdades. Perco-me para me encontrar, pois não há maior certeza do que a dúvida de acordar ou não amanhã. Assim, vivo com o benefício da dúvida, porque eu estou aqui, a hora é agora e eu sou este momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário