Páginas

terça-feira, 5 de abril de 2011

Enxergando no escuro

            Está tateando o ambiente como cego que acaba de perder a visão. Tudo é escuro e quanto mais tenta ver, mais o cenário escurece e o espaço se fecha ao seu redor. Sente-se encurralada, não sabe se para ali ou se continua a andar, afinal, não vê nada e não conhece o caminho. O futuro é incerto. O futuro é o segundo que se vive após este que se está vivendo.
            Decide continuar a andar, seguir em frente, assumir os riscos. Depois de pesadas as escolhas, sabe-se que continuar é a melhor escolha a se tomar, não há nada a perder, e se por acaso houver, que seja perdido. Há preocupação com o que se pode encontrar, não tem a mínima noção do que virá pela frente. Pode haver algumas pedrinhas que causem tropeço, mas não queda. Pode haver grandes pedras que causem quedas feias e impossibilitem a continuação da caminhada. Sim, há medo, mas que atire a primeira pedra quem não teme o que não se conhece.
            De olhos fechados sente as vibrações do ambiente, ouve sons de vozes congeladas no tempo. O toque do ar, o cheiro do que é vivo, o gosto do conhecido. Abre os olhos, ao que parece eles começam a se acostumar com o escuro, outros sentidos são aprimorados para levá-la ao lugar que buscava desde que as luzes se apagaram: o futuro.

3 comentários:

PaulinhoIron disse...

Um texto envolvido em mistérios, cujo principal mistério é o futuro. De fato, a incerteza do amanhã (a escuridão) é agoniante, mas devemos arriscar e fazer tudo o que você nos contou. Devemos saber que haverão tropeços, quedas e medos, mas a vida não é feita só de passos em linha reta ou de momentos que nos causem apenas alegrias.
"O futuro é incerto. O futuro é o segundo que se vive após este que se está vivendo."
Gostei muito dessa passagem, muito mesmo.
Sempre excelente, Marina :)

Beijos!

Carlinha disse...

Adorei o blog, suas postagens são super iper mega legais!
Dá uma passadinha no meu blog:
http://carlamundogirl.blogspot.com/
Beijocas

May disse...

'Abre os olhos, ao que parece eles começam a se acostumar com o escuro, outros sentidos são aprimorados para levá-la ao lugar que buscava desde que as luzes se apagaram: o futuro.' Só podia ser ela .. kkkkkk cara, nao sei porque, mas eu consigo entender perfeitamente esse texto. Ja senti tbm ..na realidade. adorei! mais um ao meu gosto. Beijo tati! (L) she likes mayanna! *-*

Postar um comentário