Páginas

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

E há quem diga que rola Química...

       Colisão. Choque perfeitamente inelástico. Coeficiente de restituição nulo. Os corpos permanecem juntos após o choque. Permanecem parados. Repouso. Dois referenciais inerciais, corpos em equilíbrio. Massa atrai massa. Os corpos não podem evitar, a gravidade existe, fato. Ela os deixa ligados. É o que chamamos de força de atração. E eles só pensam em ocupar o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo.
       Calor. Energia térmica em trânsito. Calor que flui entre os dois corpos tão ligados. Aumento de temperatura, moléculas mais agitadas. Não ouvem nada além da respiração um do outro, a respiração que provoca a vibração das moléculas do ar, vibração sonora que se transforma em impulso elétrico no interior dos ouvidos e é identificado como som pelo cérebro.
       Então encontram-se os lábios. Beijam-se. Terceira Lei de Newton. Ação e reação. O movimento de um corpo pode ser o resultado da composição de outros movimentos realizados simultaneamente. O movimento deles é a composição do movimento dela e do dele. Regra da cadeia. Contrações musculares; impulsos nervosos; estímulos elétricos. Péssimos condutores, não por falta de vontade, se pudessem excitariam os elétrons fazendo-os saltar para camadas mais energéticas.
       O tempo parece passar rápido demais, afinal ele é relativo. Pode ser amor ou apenas algo físico, depende do plano de fundo que você utilize, Complementaridade de Bohr. Ai, ai... E há quem diga que o que rola é Química...

6 comentários:

PaulinhoIron disse...

Caramba Marina, cada vez que passo aqui me surpreendo mais e mais! Muito interessante juntar a beleza do texto, cujo conteúdo gira em torno do desejo, utilizando termos físicos! Muito envolvente mesmo!
Juro que tentei escrever um comentário mais elaborado, mas a beleza desse texto diz tudo, basta ler! Maravilhoso, parabéns :)

Beijos!

nemesis disse...

q essa garota adora fisica eu acho q isso ta mais q claro,tudo oq ela faz tem fisica,ela trabalha fisica,respira fisica,come fisica.mas se agente n bota oq gostamos em td oq fazemos n teria a msma graça neh...rsrsrs como sempre um texto de emoçao e qualidade,parabens marina,continue assim. bjao...feh

Andre Mansim disse...

Hummmm no meu tempo a gente não explicava taaaanto assim a vontade de amar alguém, hahahahahahahaha, ou só de ficar talvez...


Muito bom seu texto, mais uma vez parabens!!!

Marina T. disse...

Paulinho, que bom que gostou :D
Acho que você é um bom crítico dos meus textos! rs
E não precisa ser um comentário bem elaborado, saber que foi lido já é bem gratificante, obrigada mesmo! *-*

Fê, ossos do ofício .. kkk! Obrigada! ;*

Pode crer, André, no meu tempo as pessoas também não explicam muito não .. kkkkkkkkkk ;x
Muito obrigada de verdade :D

p, beck. disse...

- eu adorei, muito bem escrito, você realmente tem talento :)

Anônimo disse...

Demaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaais.!
Sem mais palavras para explicar esse SHOW de texto..


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk³ "E há quem diga que o que rola é Química..." ameii.. preciso indicar esse texto a algumas PESSOAS..

- Liilde..

Postar um comentário