Páginas

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Somente


                Mentes viúvas de ideias antigas de novas concepções há muito se torturam por não conseguirem lembrar, por não conseguirem esquecer a época em que as ávidas ideias as iluminavam. Choram pelo tempo perdido ao se passar, choram ao tempo em que não passa e as impede de evoluir, passar ao próximo nível.
                Ah, doces malditas palavras, o que significam quando não se acredita no que dizem? Mentes só têm a noção de que precisam evoluir, ainda têm muito que aprender. As ideias estão mortas. Como uma mente evolui sem ideias? Não consigo pensar, não consigo pensar. Mentes gritam angustiadas por não terem a certeza do que até mesmo essas palavras querem dizer.
                Não há saída. Mentes sem ideias ficam encurraladas, buscam uma fuga inexistente, encontram a abstração, tendenciosamente acreditam em contos de fadas por adquirirem medo do escuro, medo de si mesmas. O problema é a falta de adaptação, os olhos das mentes não suportam o escuro, por mais que tentem não há como se acostumarem ao escuro. E o tempo que não passa, e o tempo que se é perdido ao passar, e vê-las constantes, imutáveis, perfeitos referenciais inerciais.
                Uma mente viúva de ideias está destinada a morrer.

Um comentário:

Paulo Júnior disse...

Texto um tanto quanto complexo, porém atraente! Li ele no dia em que postou, Marina, mas só tive tempo para comentar, agora, desculpe-me por isso.
Já dizia aquele velho ditado, "mente vazia, oficina do diabo". Temos consciência de que devemos evoluir nossas mentes para que possamos levar uma vida melhor, mais agradável. Quem não evolui, quem fica estagnado na mesmice por medo, torna-se fantoche de suas aflições.
Mente estagnada, morta de ideias e vontades e desejos, não vai a lugar nenhum. É por isso que acredito que todos nós devemos ser gananciosos, mas não uma ganancia destruidora, porém uma ganancia que, quando satisfeita, nos traga prazer, auto-realização. É a partir dessa ganancia, dessas realizações, que a mente evolui.
Voltando ao ditado, é incrível o dom que o ser humano tem de pensar e fazer merda quando a cabeça está vazia. Estar com a mente vazia significa estar em queda livre num poço de infinitos metros. Por mais estressante que seja, por vezes é bem melhor estarmos inquietantes com a mente cercada de ideias -e preocupações- do que estar sem pensar em nada.

Outro excelente texto, Marina! E encerro meu comentário por aqui. Seus textos me empolgam e eu acabo escrevendo uma bíblia nos comentários rs
Mais uma vez, peço desculpas pela demora ao comentar, mas acredito que, assim como eu, você está em final de semestre na faculdade, e aí fica aquela pegada: Milhares de provas e trabalhos, porém vontade nula de estudar.
Beijos, Marina! Cuide-se e obrigado por nos proporcionar outra excelente leitura!

Postar um comentário